ATIVIDADE FÍSICA PÓS-PARTO

Durante toda a gestação a mulher passa por inúmeras modificações em seu corpo para a chegada do bebê. Ocorrem alterações hormonais e isso se mantém até aproximadamente cinco a seis meses após o parto.

Esse período chama-se Puerpério, também conhecido como pós-parto ou resguardo. Nessa fase, as modificações no corpo da mulher continuam. Os órgãos, principalmente os genitais, se recuperam das alterações ocorridas ao longo da gravidez e do parto e começam a voltar “ao normal”.

O retorno à atividade física dependerá da liberação médica, do tipo do parto e de como a “mamãe” esta se sentindo. Normalmente nos partos normais a liberação ocorre 15 dias após. Nos partos de cesária a liberação leva um pouco mais de tempo, em torno de 45 dias.

Fortalecer o assoalho pélvico para evitar futuras incontinências urinárias, fortalecer músculos abdominais e posturais já que amamentar e segurar o bebê influenciam na postura da mulher, ter cuidado com as articulações que costumam ficar mais frouxas devido ao hormônio relaxina que é produzido durante a gravidez para facilitar o parto é muito importante e deve ser prioridade para o retorno ou início aos treinos.

A alimentação não poderá ser muito restritiva porque influenciará diretamente na amamentação, mas se alimentar bem, ser saudável e voltar ao corpo que tinha antes de engravidar não é somente para celebridades, é possível, mas é preciso um pouco de paciência e dedicação. Se a mulher já treinava o corpo voltará mais rápido do que as que não praticavam atividades físicas durante a gestação. Por isso, como eu citei no post sobre atividade física na gestação ( AQUI ), treinar antes, durante e após a gestação faz bem para a mamãe e para o bebê.

 

 

 

Deixe uma resposta