INSTITUTO DOAR – MOTIVANDO O BRASIL NO NOBRE GESTO DA DOAÇÃO

Hoje conheci, através de uma amiga querida, Tere Scheneider, o Institudo Doar, que “tem como missão ampliar a cultura de doação no Brasil. É o criador do DDD ( dia Nacional de doação ) e coordena a iniciativa certificadora de ONGs, cujo objetivo é reconhecer e valorizar organizações através de processos padronizados e verificáveis sobre transparência e Gestão”….O DDD ( dia de doar), acontecerá em 30-11-2013, a data foi escolhida por ser próxima ao natal, onde as pessoas estão mais pré-dispostas a se sensibilizar pelos outros. Você pode doar o que preferir, sangue, móveis, roupas, livros, etc.. cada pessoa doa o que quiser e onde quiser, publica sua doação no facebook, twitter, com o hashtag #diadedoar e compartilha a página do DDD no facebook..

Veja como é fácil, se cada um fizer um pouquinho, o país mudará um montão! vamos nos doar?

Quanto é o recomendável para doar?

Não importa o valor e sim o ato. Pode ser 5 reais, podem ser 100 mil. O importante é que o ato estimule outras pessoas a fazer o mesmo. Melhor ainda se a doação passar a ser recorrente e que no dia 30/11 se inaugure essa doação mensal para a ONG escolhida.

 

Como uma pessoa pode escolher uma ONG para doar?

O mais importante é que ela se sinta segura na doação. Recomenda-se que ela a conheça, visite, converse com outras pessoas que taambém doem. Melhor se a organização é perto da casa dela. Talvez uma creche, uma associação comunitária. Outro caminho é doar para organizações já reconhecidas pela sociedade, que tem inclusive mecanismos para se doar on line e de modo avulso ou recorrente. O importante é que a pessoa se sinta orgulhosa em fazer a doação ao ponto de querer contar para as outras pessoas.

 

Depois que ela doar, o que ela deve fazer?

Ela pode simplesmente se orgulhar disso ou também contar para outras pessoas para que façam o mesmo. Ela pode estimular seus familiares, podem decidir doar juntos para uma mesma ONG ou podem conversar entre si para que cada um doe para a ONG que preferir. Também é importante no dia que as pessoas comentem nas redes sociais que estão fazendo sua doação. Não precisam falar do valor, mas sim para quem estão doando.

 

Haverá uma central para onde mandar essa informação?

Não. Mas teremos coletores automatizados das mensagens que sairem na web com as hashtags #diadedoar. As pessoas podem comentar no seu facebook, twitter, instagram e outras mídias. O objetivo não é conquistarmos milhões de doações ou de pessoas doando e sim que cada uma espalhe a ideia para seus amigos e familiares. Assim, a cada ano aumentaremos as doações e os doadores no pais.

 

Há uma meta?

Sim. Hoje nós, os indivíduos, doamos 5 bilhões por ano para instituições das mais diversas. Nosso objetivo é em 5 anos chegar a 10 bilhões. Queremos também atingir em 10 anos um número de doadores que seja equivalente a metade da população brasileira. Hoje somos aproximadamente 19%.

 

Instituto Doar

Centro de Voluntariado de SP

Plataforma Think&Love

Feira ONG Brasil

ABCR

Base – Sociadade Colaborativa

Movimento por uma Cultura de Doação

Repense

E mais de 500 ONGs

 

INSTITUTO DOAR

 

Marcia Paron
Marcia Paron
Marcia Paron é estilista e Fashion Buyer, trabalhou para importantes marcas internacionais como Miss Sixty e Zara e hoje é gerente de negócios da cadeia Espanhola de lojas El Corte Inglés. Apaixonada por estética, arte e moda desde sempre, decidiu colocar em prática a paixão por escrever e orientar pessoas sobre tendências de moda, estilo pessoal, consumo consciente e autoestima, através do blog Buyer & Brand, um espaço aberto à informação sem afetação, com foco em moda acessível, feita para mulheres reais.
http://buyerandbrand.com.br

Deixe uma resposta