OBESIDADE – O QUE É?

OBESIDADE

A obesidade é uma doença crônica multifatorial, caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal.

Uma das maneiras de avaliar a obesidade é através do Indíce de Massa Corporal (IMC), que é calculado dividindo o peso (Kg) pela altura (metros) ao quadrado. O resultado revela se o peso está dentro, abaixo ou acima da faixa ideal.

Deve se tomar cuidado ao fazer esse cálculo porque o IMC superestima a gordura corporal em indivíduos com muita massa muscular e pode subestimar naqueles que tiveram perda de massa corporal, por exemplo, os idosos. Em análises clínicas, os médicos, nutricionistas e educadores físicos costumam levar em consideração raça, etnicidade, massa muscular, idade, sexo e outros fatores.

Abaixo, a tabela de referência do IMC.

 

IMC

Classificação

< 18.5

Abaixo do Peso

18.5–24.9

Peso normal

25.0–29.9

Sobrepeso

30.0–34.9

Obesidade grau I

35.0–39.9

Obesidade grau II

≥ 40.0

  Obesidade grau   III

 

A obesidade é cada vez mais vista como um sério e crescente problema de saúde, isto porque o excesso de peso predispõe o indivíduo a uma série de doenças, dentre elas estão as cardiovasculares, hipertensão, diabetes, osteoartrite, câncer e apneia do sono.

O principal motivo da obesidade é a combinação de uma má alimentação mais a falta de atividade física. Em alguns casos também pode estar associada a doenças endócrinas.

Na grande maioria dos casos a obesidade não é hereditária, isto é, não é porque o pai ou a mãe são obesos que o filho também será, no entanto, o estilo de vida desses pais pode fazer com que o filho também seja. Existem alguns estudos que se referem a genética como uma causa da obesidade, porém o percentual é mínimo.

O principal tratamento para a obesidade, na maioria dos casos, é a redução da gordura corporal por meio de adequação da dieta e aumento do exercício físico. Por isso é muito importante que haja orientação e supervisição de médicos, nutricionistas e educadores físicos.

Deixe uma resposta