TREINAMENTO FUNCIONAL – A FEBRE DAS ACADEMIAS

O treinamento funcional teve origem com os profissionais da área de Fisioterapia que tinham como objetivo reabilitar os pacientes após lesões ou cirurgias através de exercícios que imitavam o que eles faziam em casa ou no trabalho. O objetivo do treinamento funcional é trabalhar equilíbrio, força, flexibilidade, resistência, coordenação, velocidade e prevenir lesões. Hoje, muito usado no meio esportivo e febre nas academias, o treinamento funcional é procurado por alunos que querem sair da mesmice da musculação fazendo um treino mais dinâmico e que também traga resultados. Diferente da musculação, o treinamento funcional trabalha o corpo de uma forma global, utiliza pouca sobrecarga, os exercícios não precisam ser complicados (como alguns pensam) e não exigem tipo específico de equipamentos.Com meus alunos, costumo mesclar variados treinamentos, porque não existe melhor ou pior método e sim objetivos e metas diferentes. Por exemplo, a musculação tradicional traz muitos benefícios, principalmente estéticos, como ganho de massa muscular e definição. O pilates e o yoga, tem como objetivo a melhora postural, o aumento da flexibilidade, o fortalecimento do abdômen, entre outros.O importante é encontrar a atividade física e o método de treinamento que mais lhe agrade e lhe dê prazer enquanto se exercita, porque só assim conseguirá alcançar resultados.

 

 

 

 

Deixe uma resposta